O que é ponto de equilíbrio? Importância, tipos e como calcular

Ponto de equilíbrio

Dentre algumas ferramentas de gestão, que complementam as análises de indicadores financeiros e contábeis, está o ponto de equilíbrio, que é uma forma mais fácil de obter informações sobre a situação financeira da empresa e para a tomada de decisão.    

O ponto de equilíbrio é uma ferramenta que demonstra a viabilidade das empresas, para isso é necessário saber como calculá-lo e diferenciar os seus tipos. Ele pode ser usado estrategicamente para as vendas, análise de custos, precificação e etc.

Leia até o final e aprenda o que é ponto de equilíbrio, os tipos, como calcular e a sua importância.

Aqui você verá um exemplo prático para uma assimilação bem mais fácil e rápida. Saiba se você está lucrando de uma vez por todas!

O que é ponto de equilíbrio?

O ponto de equilíbrio, de um modo geral, é quando as vendas da empresa pagam todos os custos fixos e variáveis, porém ainda não tem lucro e nem prejuízo, ou seja, esse ponto é um marco, onde acima dele se encontra o lucro e abaixo o prejuízo.

Resumindo em poucas palavras, é o faturamento que a empresa deve ter para não ter prejuízo, no entanto, também não tem lucro para o dono, ou seja, Zero a Zero, por isso o nome equilíbrio. 

Quais são os tipos?

São três tipos de ponto de equilíbrio:

  1. Ponto de equilíbrio contábil;
  2. Ponto de equilíbrio financeiro;
  3. Ponto de equilíbrio econômico.

Vamos passar um exemplo prático e para cada tipo de ponto de equilíbrio, faremos o cálculo, para facilitar o aprendizado.

Exemplo prático: A Empresa Point fabrica um brinquedo, que é vendido por R$25,00, o valor de seus custos variáveis é R$10,00, o que sobra R$15,00 (também chamado de Margem de contribuição unitária) deve pagar os custos fixos da empresa. Os custos fixos são R$60.000. Temos também o valor da depreciação dos ativos da empresa que é de R$8.000,00. A empresa pretende lucrar antes dos impostos R$25.000,00. Vamos fazer o cálculo para cada tipo de Ponto de equilíbrio!

Ponto de equilíbrio contábil

 No ponto de equilíbrio contábil são considerados para o cálculo os custos Fixo e Variáveis.

Lembrando que custos fixos são aqueles que não variam em função das vendas, já os custos variáveis variam de acordo com as vendas.

  • Exemplo de custos fixos: Salários, aluguel etc.
  • Exemplo de custos variáveis: Fornecedor, comissão de vendas etc.

O cálculo do ponto de equilíbrio contábil é:

Ponto de Equilíbrio Contábil: (custos fixos) / (margem de contribuição unitária)

Ponto de Equilíbrio Contábil: R$60.000,00/0,60= R$100.000,00 ou 4.000 unidades

Margem Contribuição: (Valor do lucro pretendido) / (valor da unidade vendida)

MC: R$15,00/R$25,00
MC: 0,60 ou 60%

A Empresa Point terá que faturar R$100.000.00 para cobrir os custos fixos e variáveis. Acima dessa quantidade é lucro e abaixo é prejuízo.

Como a empresa pretende lucrar R$25.000,00, deverá produzir mais 1.000 unidades para chegar neste valor.

Ponto de equilíbrio financeiro

O ponto de equilíbrio financeiro leva em consideração os custos fixos, mas desconsidera os valores que não saíram do caixa, como por exemplo, depreciação, amortizações ou exaustões. Esses valores são conhecidos como não desembolsáveis.

O cálculo do ponto de equilíbrio financeiro é:

Ponto de Equilíbrio Financeiro: (custos fixos – valores não desembolsáveis) / (margem de contribuição)

Ponto de Equilíbrio Financeiro: R$60.000 – 8.0000 (Depreciação) /R$15,00 = 3.467 unidades 

A Empresa Point terá que produzir 3.467 unidades para cobrir os custos fixos e variáveis, que representam os valores desembolsáveis pela empresa.

Ponto de equilíbrio econômico

O Ponto de equilíbrio econômico leva em conta os custos fixos e o custo de oportunidade.

Custo de oportunidade é um valor que você abre mão para tomar uma decisão; É a escolha sobre o que é mais vantajoso sobre um determinado investimento, levando em consideração o risco. Exemplo: Tirar um valor da poupança que rende 4% ao ano, mas é seguro, ou fazer um investimento que rende 20% ao ano, porém tem risco de não ter o dinheiro de volta.

No ponto de equilíbrio econômico, é  estipulado um valor mínimo de lucro, comparando com o retorno financeiro de outro investimento de mercado.

 Ponto de Equilíbrio econômico: (custos fixos + custo de oportunidade) / (margem de contribuição unitária) 

Ponto de Equilíbrio Econômico: (R$60.000+ R$25.000) / (R$15,00)= 5.667 unidades

A Empresa Point terá que produzir 5667 unidades para cobrir os custos fixos e variáveis e o lucro pretendido pela empresa.

Análise do ponto de equilíbrio

Ao analisarmos o ponto de equilíbrio percebemos que ele mostra o quanto uma empresa precisa vender, para cobrir os gastos e lucrar.

Mas será que é somente isso? Um exemplo,  preciso lucrar R$20.000, portanto o ponto de equilíbrio é 10.000 unidades e pelo menos mais 5.000 para o lucro,

Você já se perguntou se é possível para sua empresa produzir isso?

Pois é, o ponto de equilíbrio também mostra se você tem capacidade produtiva, ou se não seria melhor aumentar a sua margem de contribuição, ou então seria melhor reduzir os custos, ou diminuir o lucro pretendido.

Esse indicador lhe fornece muitas opções para tomada de decisão, não somente o quanto a empresa deve produzir.

Por que é tão importante? 

O ponto de equilíbrio é importante, principalmente porque o empresário precisa saber como calculá-lo, para saber o quanto precisa produzir e para não ficar no prejuízo. Para isso, é preciso ter domínio sobre os seus números, sejam eles, todos os seus custos e receitas.

De uma forma geral, o ponto de equilíbrio avalia a viabilidade da empresa e se vale a pena investir nela.

Alguma dúvida?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.